Goiânia, Domingo, 19 de Maio de 2019
Terça, 19 Fevereiro 2019 21:40

As notícias de que o secretário de Desestatização e Desinvestimentos do Ministério da Economia, Salim Mattar, afirmou que o governo só pretende ficar com a Petrobras, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil como estatais preocupou a diretoria executiva da Asnab.

 

Com essa preocupação em mente, a Diretoria Executiva enviou uma carta nesta terça-feira (19) ao secretário pedindo que o governo do presidente Jair Bolsonaro mantenha a Conab como estatal estratégica e reavalie qualquer proposta de privatização ou extinção da Conab.

 

No comunicado, a Asnab destaca que apesar de ser uma estatal dependente da União, a companhia exerce um papel importante para atender a Emenda Constitucional nº 64, de 2010, que incluiu na Constituição Federal a alimentação como direito social.

 

Além de um papel econômico importante, com controle de estoques e garantias de preços, a estatal tem um papel social importante. A Conab é um dos braços do governo federal na execução de políticas públicas de abastecimento alimentar, desenvolvidas por meios de suas atividades.

 

A carta enviada ao secretário, se soma ao documento entregue à ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e defesa da atuação da Conab.

 

No fim de 2018, a Asnab lançou a Campanha em Prol do Fortalecimento da Conab. Com a ajuda das Asnab estaduais, a Diretoria Executiva da Asnab tem procurado deputados e senadores e buscar apoio para a manutenção e fortalecimento da Conab como estatal voltada ao abastecimento alimentar da sociedade brasileira.

 

Fonte: ASNAB NACIONAL

 

 

Lido 433 vezes
Av. Meia Ponte, n.2748, Setor Santa Genoveva - Goiânia - GO / 62 3204-6599 / E-mail: contato@asnabgo.org.br
© 2019 - Associação Nacional dos Empregados da CONAB (ASNAB-GO) - Todos direitos reservados